Reis de Portugal - Cronologia

Portugal tornou-se um reino independente no século 12 e contou com quatro dinastias até a instalação da República em 1910.

 

Primeira dinastiaPrimeira dinastia: Afonsina.

1143 a 1185 - D. Afonso Henriques.

1185 a 1211 - D. Sancho I.

1211 a 1223 - D. Afonso II.

1223 a 1248 - D. Sancho II.

1248 a 1279 - D. Afonso III.

1279 a 1325 - D. Dinis I.

1325 a 1357 - D. Afonso IV.

1357 a 1367 - D. Pedro I.

1367 a 1383 - D. Fernando I.

1383 a 1385 - Interregno.

 

Segunda dinastia: Avis.

1385 a 1433 - D. João I.

1433 a 1438 - D. Duarte I.

1438 a 1481 - D. Afonso V.

1481 a 1495 - D. João II. Priorizou a descoberta de um caminho marítimo para as Índias e negociou o Tratado de Tordesilhas.

1495 a 1521 - D. Manuel I.

1521 a 1557 - D. João III.

1557 a 1578 - D. Sebastião. Neto de D. João III, subiu ao trono com três anos de idade e a regência foi assumida por sua avó Catarina da Áustria. D. Sebastião assumiu o governo em 1568, mas desapareceu na batalha de Alcácer Quibir, no norte de África, o que abriu uma crise de sucessão.

1578 a 1580 - D. Henrique I.

1580 a 1580 - D. Antonio I.

 

Terceira dinastia: Filipina. União Ibérica (1580-1640). Nessa época o governo de Portugal foi entregue a vice reis ou a juntas governativas.

1581 a 1598 - D. Filipe I (Felipe II, da Espanha).

1598 a 1621 - D. Filipe II (Felipe III, da Espanha).

1621 a 1640 - D. Filipe III (Felipe IV, da Espanha).

 

Quarta dinastia: Bragança.

1640 a 1656 - Os portugueses romperam com o domínio espanhol e aclamaram o Duque de Bragança o novo rei de Portugal, como D. João IV.

1656 a 1683 - D. Affonso VI. Governou até 1668, quando foi deposto. Assumiu como príncipe regente, o infante Dom Pedro.

1683 a 1706 - D. Pedro II.

1706 a 1750 - D. João V.

1750 a 1777 - D. José I.

1777 a 1816 - D. Maria I, a primeira mulher a subir ao trono de Portugal. Seu filho, o príncipe Dom João, passou a governar em 1792, por incapacidade da mãe. Tornou-se Príncipe Regente em 15 de julho de 1799.

1816 a 1826 - D. João VI, coroado no Brasil.

1826 a 1828 - D. João VI estava doente, quando designou sua filha D. Isabel Maria de Bragança, como Regente de Portugal. Após a morte do Rei, a Regente designou D. Pedro como Rei de Portugal, em 1826.

1826 - D. Pedro I, Imperador do Brasil, foi designado Rei de Portugal, como D. Pedro IV. Abdicou em favor de sua filha Dona Maria da Glória, com apenas sete anos de idade, nascida no Brasil. Mas Dona Maria da Glória deixou o Brasil em 1828 e só foi coroada em 1834. O atual Parlamento Português considera que D. Pedro IV foi o legítimo Rei de Portugal de 1826 a 1834.

1828 a 1834 - D. Miguel I, tio de D. Maria da Glória, usurpou o trono. Foi derrubado em 1834 por D. Pedro IV.

1834 a 1853 - D. Maria II.

1853 a 1861 - D. Pedro V.

1861 a 1889 - D. Luís I.

1889 a 1908 - D. Carlos I.

1908 a 1910 - D. Manuel II.

Mais: História de Portugal

 

Portugal

 

Copyright © Guia Geográfico - Portugal, Dados Históricos.

 

A Rainha D. Maria II de Portugal (em 1833). Era brasileira e filha do Imperador D. Pedro I, do Brasil, que abdicou em seu favor. Ela deixou o Brasil em 1828.

 

Historia Brasil

 

Rei Portugal

 

Rates

 

 

Dinastia

 

Rainha Maria II

 

Dom João III (1502-1557), retrato por Anthonis Mor (c. 1550). Foi o 15º monarca de Portugal e iniciou a colonização efetiva do Brasil com a fundação da Cidade do Salvador. Elaborou o documento que pode ser considerado a primeira constituição do Brasil: o Regimento entregue a Thomé de Sousa, em 1548.

 

 

Portugal Turismo

 

 

Bragança